Anvisa divulga avaliação de navios de cruzeiros no Brasil

FONTE: PORTAL NACIONAL DE SEGUROS SP

A Anvisa reunirá, nesta sexta-feira (27/9) em Salvador, as pessoas que se interessam por navios de cruzeiro ou que já foram passageiros neste segmento do Turismo, com os representantes das empresas e das instituições do governo federal que têm relação direta ou indireta com o setor, como a Secretaria de Portos e os ministérios da Saúde e do Trabalho.

As inscrições para participar deste seminário aberto ao público, que integra a programação do Encontro Anual de Navios de Cruzeiro promovido pela Anvisa, ainda poderão ser feitas no local, o hotel Othon, nos salões Ondina A e B.

Nesta terceira edição do Encontro Anual de Avaliação de Cruzeiros a intenção da Anvisa é estender aos passageiros um canal de comunicação com a Agência, como é feito há quatro anos com as empresas dos navios de cruzeiros, quando a agência reguladora iniciou, em 2009, a promover esta grande reunião com o setor regulado.

Nestes encontros, como o que acontece esta semana em Salvador, entre os dias 23 e 27 de setembro, a Anvisa debate com as empresas as ocorrências de cada temporada. As empresas proprietárias dos navios de cruzeiros conhecem a avaliação que a Agência faz do grau de risco identificado. É o momento também de as empresas apresentarem suas reinvindicações e sugestões.

Segundo Cláudio Carneiro, vice-presidente executivo da associação que representam os navios de cabotagem que atuam na costa brasileira, a Clia/Abremar, “a Anvisa é um exemplo a ser seguido por outras instituições reguladoras”. Carneiro disse que é um estudioso de regulação e considera o encontro como um momento de diálogo.

Durante as inspeções, a Anvisa verifica as condições sanitárias das áreas críticas da embarcações, como a água as piscinas e as banheiras de hidromassagem, o gerenciamento de resíduos sólidos e a produção de alimentos.

Na apresentação dos resultados da temporada de cruzeiros 2012/2013, que foi de outubro de 2012 a maio de 2013, a Anvisa informou que do ponto de vista do risco sanitário, 85% dos 41 navios que percorreram a costa brasileira foram enquadrados no padrão máximo de qualidade, com a avaliação A. Outros 10% alcançaram padrão B, que significa qualidade acima da média. O padrão C não foi dado a nenhuma das embarcações.

Apenas dois navios, ou 5%, do total da amostra foram situados na categoria D, que é o índice das embarcações que apresentam condições sanitárias insatisfatórias no momento das inspeções e que foram notificadas pela Anvisa a corrigir as irregularidades.

Na temporada 2012/2013, os navios notificaram à Anvisa 455 casos de Doença Diarréica Aguda, o que representou 82% das doenças notificadas à Agência pelas equipes de saúde a bordo dos navios. A segunda ocorrência mais observada foi a Síndrome Gripal, com 14,6% das notificações.

De acordo com a legislação sanitária nacional, as equipes de saúde a bordo dos navios devem notificar os atendimentos médicos feitos nos navios á Anvisa, inclusive sobre a inexistência de casos (notificação negativa).

A gerente de Infraestrutura, Meios de Transportes e Viajantes da Anvisa, Maria Helena Cunha, considera o terceiro Encontro Anual de Avaliação da Temporada de Navios de Cruzeiro 2012/2013 como positivo.

“Este Encontro é, sem dúvida, uma grande oportunidade neste processo de aperfeiçoamento dos controles sanitários nos cruzeiros marítimos, buscando aproximar os representantes das empresas de cruzeiros, que vivenciam na prática o dia-a-dia nas embarcações, verdadeiras mini cidades em trânsito pelo litoral brasileiro, à missão de proteger e promover a saúde dos viajantes”, afirmou Maria Helena Cunha.

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: