ANP anuncia leilão complementar de biodiesel depois de L75 se prolongar por 5 dias

FONTE TN PETRÓLEO – Matéria publicada em 26 de agosto de 2020

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou que vai realizar um leilão de biodiesel complementar ao que está em andamento (L75), depois que a terceira etapa do certame se prolongou por cinco dias e continua nesta quarta-feira.

Todo o volume disponibilizado pelos produtores com Selo Combustível Social – 1.166.420m3 – já foi comercializado, mas o processo de recompra realizado pelas distribuidoras para acomodações logísticas vem prolongando a duração do certame e elevando o preço médio do produto. Ontem, o preço já havia alcançado R$ 4.625,62/m³, acima do preço que provocou a suspensão do leilão no início do mês.

Ainda falta também a etapa que acomoda os produtores sem o Selo Combustível Social.

Segundo fontes, o leilão complementar foi uma maneira da ANP mandar um recado às distribuidoras de que não vai faltar produto no mercado, e provavelmente as compras a partir de agora serão destinadas ao abastecimento em outubro, já que o mês de setembro já foi garantido.

“O volume comprado corrigiu uma defasagem de estoques zerados, pelo insucesso dos últimos leilões de estoque. O B10 corresponderia a 1.100.000 m³ para o abastecimento do mercado em setembro e outubro”, explica o presidente da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), Juan Diego Ferres.

A Ubrabio, cujos associados foram responsáveis por cerca de 42% do volume ofertado no L75, ressalta ainda que o atual leilão resolve definitivamente o impasse da interrupção do leilão anterior e a redução da mistura de B12 para B10, durante os meses de setembro e outubro.

Fonte: Redação/Broadcast Agro

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: