AIE AFIRMA QUE PREÇO DO BARRIL DE PETRÓLEO PODE TER ATINGIDO PISO MÍNIMO E INICIADO RETOMADA

Faith Birol, Chief Economist, International Energy Agency (IEA) addresses the audience at the Event launch & Keynotes, Opening session Plenary at EWEA 2013 in Vienna.

FONTE PETRONOTÍCIAS

Faith Birol, Chief Economist, International Energy Agency (IEA) addresses the audience at the Event launch & Keynotes, Opening session Plenary at EWEA 2013 in Vienna.

Faith Birol, Chief Economist, International Energy Agency (IEA) addresses the audience at the Event launch & Keynotes, Opening session Plenary at EWEA 2013 in Vienna.

Após longos meses sob os efeitos da queda do barril, os ventos começam a soprar com mais otimismo para o mercado internacional de óleo e gás.

Em relatório publicado nesta sexta-feira (11), a Agência Internacional de Energia (AIE) afirma que os preços do petróleo podem ter registrado o piso e iniciado uma recuperação, após aumentarem nas últimas semanas e terem chegado ao patamar dos US$ 40. Embora não haja garantia de que o pior já passou, há sinais de que a queda pode ter chegado a um fim, aponta a entidade.

De acordo com o documento, a retomada da produção no Irã não teve o impacto previsto sobre a cotação do barril, e outros fatores vêm pesando em direção a uma elevação nos preços. O relatório da agência, dirigida por Fatih Birol (foto), indica que a oferta de produtores fora da Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep) está diminuindo, o que pode impulsionar ainda mais uma recuperação nos próximos meses.

Além disso, os diálogos entre países como Venezuela, Rússia, Arábia Saudita e Qatar vêm indicando a possibilidade real de um acordo para o congelamento de produção. Considerado pela AIE como “um primeiro ataque de ação coordenada que tem intenção de estabilizar os preços”, a medida tem o potencial de elevar a cotação do barril para a casa dos US$ 50, o que representaria uma mudança significativa no atual cenário da indústria global de óleo e gás.

Os comentários estão encerrados.

AllEscort