ACUSAÇÕES CONTRA EXXONMOBIL CRIAM EMBATE ENTRE AMBIENTALISTAS E INDÚSTRIA DE PETRÓLEO NOS ESTADOS UNIDOS

FONTE PETRONOTÍCIAS

Rex

Estimulado por diversas frentes, o embate entre entidades ambientalistas e a indústria de petróleo vem ganhando foco ainda maior nos Estados Unidos.

No centro do furacão está a ExxonMobil, que vem sendo acusada de ter ocultado evidências da influência do consumo de óleo e gás sobre as mudanças climáticas nos últimos vinte anos, o que teria sido feito para evitar a adoção de políticas pouco atrativa para seus negócios. O escândalo, trazido à tona pela mídia e debatido inclusive nas campanhas presidenciais do país, vem sendo contestado por empresas do segmento, que criticam as acusações com base em uma suposta parcialidade assumida pelos meios de comunicação.

A instituição Energy in Depth (EID), fundada por companhias do setor como veículo de informação, se pronunciou nesta semana contra as investigações que vêm sendo feitas com a petroleira. Em comunicado, o grupo acusou entidades ambientalistas de bancarem reportagens aliadas a seus propósitos, divulgando informações selecionadas e que não representariam a realidade da empresa, liderada hoje pelo CEO Rex Tillerson (foto).

A apuração dos fatos relativos à ExxonMobil, no entanto, segue sendo feita pelo governo norte-americano. Diante das acusações de que a empresa teria ocultado informações da população e de seus acionistas, procuradores de Nova York e da Califórnia iniciaram investigações formais para avaliar se a petroleira infringiu a lei, o que pode resultar em punições graves.

 

Os comentários estão encerrados.

AllEscort