Mercado eleva perspectiva para Selic em 2021 em meio a aumento nas estimativas de inflação

FONTE REUTERS – Matéria publicada em 23 de novembro de 2020

Foto: Consumidora faz compras em supermercado do Rio de Janeiro 10/09/2020 REUTERS/Pilar Olivares

By Reuters Staff

SÃO PAULO (Reuters) – O mercado elevou a perspectiva para a taxa de juros no ano que vem em meio a novo aumento nas estimativas de inflação, enquanto o cenário para a economia voltou a melhorar.

A pesquisa semanal Focus divulgada pelo Banco Central nesta segunda-feira mostrou que os economistas consultados passaram a ver agora a Selic em 2021 a 3,0%, de 2,75% antes. Para este ano, permanece a previsão de manutenção no atual patamar de 2,0% na última reunião do ano, em 8 e 9 de dezembro.

O Top-5, grupo dos que mais acertam as previsões, manteve a perspectiva de juros básicos a 2,0% este ano, mas também aumentou as contas para 2021, de 2,25% a 2,50%.

O levantamento apontou que a expectativa para a alta do IPCA em 2020 aumentou pela 15ª semana seguida e foi a 3,45%, de 3,25% na semana anterior. Para 2021, o aumento chegou à 5ª semana, com a inflação calculada em 3,40% de 3,22%.

O centro da meta oficial de 2020 é de 4% e, de 2021, de 3,75%, ambos com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Para o Produto Interno Bruto (PIB), as estimativas melhoraram para ambos os anos. O mercado vê agora contração econômica de 4,55% em 2020 contra queda de 4,66% estimada antes, com o PIB recuperando-se com um crescimento de 3,40% no próximo ano, de 3,31%.

A mudança vem na esteira de cenário melhor para a indústria, cuja produção deve encolher 5,04% este ano contra recuo de 5,34% previsto antes, passando a crescer 4,53% em 2021, de 3,72% estimado antes.

Veja abaixo as principais projeções do mercado para a economia brasileira, de acordo com a pesquisa semanal do BC com cerca de 100 instituições financeiras:

Expectativas de mercado 2020 2020 2021 2021

Mediana Há 1 Hoje Há 1 Hoje

semana semana

IPCA (%) 3,25 3,45 3,22 3,40

PIB (%) -4,66 -4,55 3,31 3,40

Dólar (fim de período-R$) 5,41 5,38 5,20 5,20

Selic (fim de período-% a.a.) 2,00 2,00 2,75 3,00

Preços administrados (%) 0,80 0,80 4,04 4,50

Produção industrial (%) -5,34 -5,04 3,72 4,53

Conta corrente (US$ bi) -3,60 -3,80 -17,75 -18,50

Balança comercial (US$ bi) 57,73 57,73 55,10 55,10

IDP (US$ bi) 50,00 45,00 60,00 60,00

Dívida líquida pública (%/PIB) 67,00 67,00 69,60 69,10

Por Camila Moreira; edição Paula Arend Laier

 

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: