BC começa a ver volatilidade cambial mais clara, mas quanto menos intervenção melhor, diz Campos Neto

FONTE REUTERS – Matéria publicada em 22 de julho de 2020

Foto: Presidente do BC, Roberto Campos Neto. REUTERS/Ueslei Marcelino

Reuters Staff

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta quarta-feira que a autoridade monetária começou a ter figura um pouco mais clara sobre a volatilidade cambial, mas pontuou que quanto menos intervenção houver no mercado, melhor.

Campos Neto disse, em live promovida pelo Valor Econômico, que o BC começa a enxergar alguns elementos de volatilidade que consegue atribuir a novas formas de negociação, citando contratos menores e mais fundos automatizados.

“Mas isso não é suficiente para explicar 100%”, afirmou.

Ele destacou que outros países do mundo adotaram dois tipos de remédio em relação à volatilidade: atuação com opções ou intervenções em corredor. Ambos mostraram resultados que não foram considerados satisfatórios.

Campos Neto afirmou que o BC segue investigando o tema, e reiterou a crença de que a volatilidade tende a cair nas próximas semanas.

 

Por Marcela Ayres

 

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: