Meirelles pede oração por empregos em vídeo enviado à Assembleia de Deus

MONOPÓLIO É O PRINCIPAL PROBLEMA PARA A FALTA DE COMBUSTÍVEL PARA OS NAVIOS NO PORTO DE SANTOS
18/09/2017
ENTIDADES DISCORDAM SOBRE NOVA PROPOSTA DE CONTEÚDO LOCAL PARA PLATAFORMAS, MAS NEGOCIAÇÕES SEGUEM
18/09/2017

Meirelles pede oração por empregos em vídeo enviado à Assembleia de Deus

FONTE REUTERS – Matéria publicada em 18 de setembro de 2017

BRASÍLIA (Reuters) – O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, pediu oração pela retomada dos empregos no Brasil em vídeo enviado à Assembleia de Deus após não ter conseguido comparecer a evento para o qual havia sido convidado no Rio de Janeiro, no fim de semana.

“A nossa meta é de fato fazer com que o país volte a ter emprego para todos. Para isso preciso contar com a oração de vocês”, afirmou Meirelles no vídeo, que circula em grupos no WhatsApp.

“Estamos juntos todos trabalhando dentro dos princípios da ética, da integridade, do trabalho duro porque eu me sinto muito à vontade para conversar com vocês porque nós temos os mesmos valores, que são valores da lei de Deus e dos homens visando crescer, visando colaborar com o país”, acrescentou.

Após a fala do ministro, o vídeo é encerrado com uma chamada de “Vamos ajudar o Brasil” e “Outubro, mês de oração pela economia”, inscrições que aparecem sobre a imagem de árvores.

A assessoria do Ministério da Fazenda informou que Meirelles enviou o vídeo como cortesia por não ter conseguido participar do evento, mas destacou não ter conhecimento sobre o responsável pela edição do vídeo com as imagens finais.

O nome de Meirelles tem sido defendido por parlamentares e caciques do PSD, partido ao qual é filiado, para a corrida presidencial do ano que vem, a reboque da gradual recuperação da economia que vem se consolidando.

Na semana passada o líder do PSD, na Câmara, Marcos Montes (MG) afirmou que Meirelles recebera com “entusiasmo” o convite da bancada para disputar o Palácio do Planalto, embora não tenha dado uma resposta. Pouco depois o ministro negou que seria pré-candidato com uma publicação em sua conta no Twitter.

Questionado mais uma vez em evento nesta segunda-feira se seria candidato à Presidência em 2018, Meirelles não respondeu.

 

Por Marcela Ayres

 

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com