Segundo congresso sobre o mercado de FPSOs no Brasil vai ser realizado no Rio de Janeiro

Dólar cai abaixo de R$ 3,70 com exterior e expectativa por Previdência
09/01/2019
Ibovespa supera 93 mil pontos pela 1ª vez com negociação EUA-China e reforma da Previdência em foco
09/01/2019

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 09 de janeiro de 2019

A esperada expansão dos negócios de petróleo no Brasil a partir dos leilões do pré-sal já realizados nos últimos dois anos, aumenta o interesse da cadeia de petróleo e principalmente da industrial aval, em função da necessidade de construção de FPSOs. 

Nesta espuma de oportunidades, está sedo organizado para os dias 28 e 29 de maio, no Rio de Janeiro, o Segundo Congresso FPSO Brasil, organizado pela IQPC, um serviço de informações on-line e uma comunidade global para profissionais do FPSO. O foco desta vez serão políticas recentes de conteúdo local e as mudanças regulatórias trazem alterações significativas para a indústria de FPSO, aumentando fortemente a capacidade de produção e o potencial.

O programa final ainda está em elaboração, mas alguns palestrantes importantes já tiveram seus nomes confirmados pela organização. Profissionais de alta qualidade, como André Surkamp (foto), Guilherme Pinto e Samir Alves, da SBM, Chris Brett, Presidente da Teekay Offshore, Jorge Mitidieri (foto), Vice-Presidente da Ocyan, Daniel Figueiredo, gerente de Operações do Pioneiro de Libra, João Augusto Azevedo, da Abenav, Kjetil SolbraekkeAndrew Kaczmarski, Gerente Geral, Projetos da Shell, entre outros. Será uma oportunidade tanto para os players locais quanto os internacionais do setor de FPSO entender os elementos críticos de restrições de navegação no mercado brasileiro, de modo a concretizar as oportunidades do pré-sal.

Comentários

comments

Os comentários estão encerrados.