FPSO construída na China chega ao Rio de Janeiro

Tribunal da Lava Jato absolve ex-deputado André Vargas
19/07/2018
Pedidos de auxílio-desemprego dos EUA caem para mínima de mais de 48 anos e meio
19/07/2018

FPSO construída na China chega ao Rio de Janeiro

Plataforma FPSO P-67 na Baía de Guanabara.

FONTE PORTOS E NAVIOS – Matéria publicada em 19 de julho de 2018

Foto: André Motta de Souza/Divulgação Petrobras

A FPSO P-67 chegou à Baía de Guanabara na última quarta-feira (18). A plataforma foi construída no estaleiro da China Offshore Oil Engineering Corporation (COOEC), na cidade chinesa de Qindao, de onde saiu em maio. O transporte da unidade foi realizado por um navio operado pela Boskalis.

Após o desembaraço aduaneiro e término das inspeções, a P-67 seguirá para compor o sistema de produção do campo de Lula Norte, no pré-sal da Bacia de Santos. O sistema de produção de Lula Norte é operado pela Petrobras (65%), em parceria com a Shell (25%) e a Galp (10%), previsto para entrar em produção no quarto trimestre de 2018.

A P-67 tem capacidades de produção de 150 mil barris de óleo por dia, de compressão e tratamento de seis milhões de metros cúbicos de gás por dia e de armazenamento de 1,6 milhões de barris. A P-67 é uma unidade flutuante de produção, armazenamento e transporte (FPSO) e possui sistemas de tratamento de água produzida, sistema de injeção de água, além de sistemas de remoção e reinjeção de CO2.

Por Danilo Oliveira
(Da Redação)

 

 

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com