Ministério da Justiça quer mudar a lei de imigração

FONTE: O GLOBO

Proposta visa substituir o Estatuto do Estrangeiro, sancionado durante o regime militar, descriminando a entrada no país
828.4

POR MARIANA SANCHES

SÃO PAULO – Nesta sexta-feira, uma nova proposta de lei de imigração será apresentada no Ministério da Justiça. A ideia é substituir o Estatuto do Estrangeiro, sancionado durante o regime militar, em 1980. O estatuto trata a imigração como uma questão de segurança nacional: estrangeiros que entrarem ilegalmente no Brasil estão sujeitos à deportação e não podem obter a documentação necessária para conseguir emprego formal.

MME: Aumento no pré-sal deve incrementar termelétricas

FONTE: VALOR

Por André Ramalho | Valor

RIO  –  A partir de 2015, o aumento da produção no pré-sal vai garantir um maior conforto à geração termelétrica. Essa é a previsão do coordenador geral de Exploração & Produção do Ministério de Minas e Energia (MME), Clayton Pontes. O MME aposta em um crescimento na produção de gás natural.

Carregadores de navios começam a ser montados no Porto de Paranaguá

FONTE: ICNEWS.COM.BR

 828.2

Nesta etapa da montagem, o berço ainda opera normalmente, com os equipamentos atuais (que serão desmontados)

Dois dos quatro novos carregadores de navios já estão sendo montados, no berço 213 do Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá. As peças, dispostas no canteiro de obra montado na pátio em frente ao local, começaram a chegar no início deste mês. Aos poucos são encaixadas e dão forma aos equipamentos de devem aumentar em mais de 30% a produtividade na exportação de soja, milho e farelo pelo complexo.

Visão de Marina sobre pré-sal representa retrocesso, diz Dilma

FONTE: VALOR

Por Marina Falcão | Valor

SALVADOR  –  A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira que a visão de Marina Silva (PSB) sobre o pré-sal é “obscurantista” e representa um “retrocesso”. Em entrevista a jornalistas durante visita a uma unidade do Senai, em Salvador, a presidente afirmou que o pré-sal é uma grande descoberta do Brasil porque transforma uma riqueza finita em passaporte para o futuro.

Dilma: queda do PIB é momentânea e segundo semestre terá recuperação

FONTE: GOIASNET

Agência Brasil
Após a divulgação do resultado negativo do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre, a candidata à reeleição pelo PT, presidenta Dilma Rousseff, disse que a queda é momentânea e que o país vai voltar a crescer no segundo semestre. Para a candidata, as condições internacionais e os feriados durante a Copa do Mundo contribuíram para o resultado. Na avaliação de Dilma, no segundo semestre, haverá uma “grande recuperação”.

Suspeita de fraude em CPI derruba auxiliar de Graça

FONTE: CORREIO POPULAR

Ele aparece num vídeo discutindo as perguntas e respostas que seriam feitas pelos senadores na CPI

Agência Estado
correiopontocom@rac.com.br

Foto: Agência Senado

828.3

CPI da Petrobrás, no Senado Federal, em Brasília

O chefe do escritório da Petrobras em Brasília, José Eduardo Barrocas, homem de confiança da presidente da petroleira, Graça Foster, deixou o cargo. Segundo fontes, Barrocas caiu por causa do seu envolvimento numa suposta trama para fraudar a CPI da Petrobras no Senado.

Concorrência da Petrobrás recebe três propostas

FONTE: GRANDES CONSTRUÇÕES

Apenas três propostas no páreo

Fonte: Assessoria de Imprensa

Apenas três consórcios se apresentaram para disputar o contrato com a Petrobrás para o afretamento do FPSO que será utilizado nos campos de Tartaruga Verde e Tartaruga Mestiça, na Bacia de Campos. Foram eles: Modec/Schahin, Odebrecht/Teekay e Bumi Armada/UTC. Apesar de terem declinado do convite para apresentarem propostas para a concorrência, a Camargo Corrêa e a Etesco estiveram presentes na cerimônia de entrega realizada pela Petrobrás.

Prefeitura de Maricá interrompe obras do emissário do Comperj, da Petrobras

FONTE: REUTERS

RIO DE JANEIRO (Reuters) – O prefeito de Maricá, Washington Quaquá, afirmou nesta sexta-feira que a prefeitura suspendeu as obras da Petrobras para a construção do emissário de efluentes do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) em Itaipuaçu, um dos distritos da cidade.