Petrobras e Modec vão apurar vazamento de 4.900 litros de óleo na Bacia de Campos

Negociações entre Petrobras e governo sobre blocos do pré-sal vão recomeçar
09/01/2019
Novo comandante da Marinha chama Guerra Fria de 3ª Guerra Mundial
09/01/2019

FONTE PORTOS E NAVIOS – Matéria publicada em 09 de janeiro de 2019

A Petrobras irá apurar em cooperação com a Modec as causas de um vazamento de cerca de 4.900 litros de óleo na semana passada no campo de Espadarte, na Bacia de Campos, a 130 km da costa de Macaé, disse a petroleira estatal em nota nesta segunda-feira.

O vazamento ocorreu entre os dias 2 e 3 de janeiro, em unidade afretada pela Petrobras e operada pela Modec do Brasil, que já estava com a produção interrompida desde julho de 2018 para processo de desativação.

“O plano de emergência foi imediatamente acionado e medidas de controle foram tomadas, resultando na contenção do vazamento no dia 3 de janeiro, mediante retirada do óleo do tanque”, disse a Petrobras em nota nesta segunda-feira.

A companhia informou ainda que os órgãos reguladores foram devidamente informados.

“Todos os recursos estão disponíveis e as autoridades (ANP, Ibama e Marinha) estão acompanhando as ações em curso”, afirmou a Petrobras em nota.

O vazamento de um dos tanques na Cidade do Rio de Janeiro.

Fonte: Extra

Comentários

comments

Os comentários estão encerrados.