GOVERNO DOS ESTADOS UNIDOS VOLTA ATRÁS E NÃO VAI MAIS EXPLORAR PETRÓLEO NA COSTA DA FLÓRIDA

Inflação abaixo da meta é fato “extraordinário”, diz Temer
10/01/2018
Petroleiro iraniano no Mar do Leste da China pode queimar por até 1 mês, diz Coreia do Sul
10/01/2018

GOVERNO DOS ESTADOS UNIDOS VOLTA ATRÁS E NÃO VAI MAIS EXPLORAR PETRÓLEO NA COSTA DA FLÓRIDA

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 10 de janeiro de 2018

Perfurar no Ártico pode. Na Flórida, não. A administração do presidente dos Estados Unidos Donald Trump, retirou o litoral da Flórida da possibilidade de se fazer perfuração de petróleo.

A decisão foi  em meio à pressão de um governador republicano da Flórida, Rick Scott (foto). Essa medida ocorreu apenas alguns dias depois que a administração do presidente Trump lançar seu programa de perfuração em cinco anos, que faria mais de 90% da área total da plataforma continental e mais de 98% dos não descobertos, em busca  de petróleo e gás em áreas offshore federais disponíveis para análise e desenvolvimento futuro.

As reações ao movimento do governo foram misturadas com algumas observações como notícias positivas e outras nem tanto, como as economias costeiras, a cultura e o meio ambiente que consideraram ser um “ataque ultrajante”.  O Projeto de Programa proposto (DPP) incluiu 47 vendas potenciais em 25 das 26 áreas de planejamento – 19 ao largo da costa do Alasca, 7 na região do Pacífico, 12 no Golfo do México e 9 na Região do Atlântico. A venda do arrendamento da região do Atlântico incluiu uma área no  Estreito da Flórida. O governador da Flórida pediu para se reunir imediatamente com o secretário do Interior americano, Ryan Zinke, para discutir suas preocupações com o plano federal de perfuração de petróleo e a necessidade crucial de remover Florida da lista. Após a reunião entre Scott Zinke,  o Departamento do Interior anunciou que o litoral da Flórida foi retirado dos planos para  futura perfuração de petróleo.

O secretário Ryan Zinke disse: “O presidente Trump quer  reconstruir o nosso programa offshore de petróleo e gás de uma maneira que apoia nossa política energética nacional e também leve em consideração a voz local. Eu apoio a posição do governador de que a Flórida é única e sua costa é fortemente dependente do turismo como motorista econômico. Como resultado da discussão de hoje e da liderança do governador Scott, estou removendo a Flórida da possibilidade  de novas plataformas de petróleo e gás “.

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com