Estaleiro indiano GSL participa da seleção para construção das corvetas classe Tamandaré

Acordo da Petrobras nos EUA ficou melhor que o esperado, dizem analistas
03/01/2018
PF quase dobra efetivo de delegados de inquéritos da Lava Jato que tramitam no STF
04/01/2018

Estaleiro indiano GSL participa da seleção para construção das corvetas classe Tamandaré

FONTE PORTOS E NAVIOS – Matéria publicada em 03 de janeiro de 2018

Foto: O GSL construiu um navio de patrulha rápida para a Guarda Costeira da República da Maurícia

O Goa Shipyard Ltd. (GSL), estaleiro do governo da Índia com 60 anos de história, participa do processo de seleção internacional do “main contractor” que deverá auxiliar a indústria naval brasileira na construção da classe Tamandaré de quatro novas corvetas. Projeto original da Marinha do Brasil, a Corveta Classe Tamandaré representa a evolução natural do programa de criação da Corveta Classe Barroso.

O GSL opera sob o controle administrativo do Ministério da Defesa indiano e é o maior estaleiro exportador de navios da Índia. O estaleiro construiu mais de 200 navios de superfície para a Indian Navy, Guarda Costeira, clientes privados e governos estrangeiros. Nos últimos anos, o GSL construiu e entregou quatro unidades do Naval Offshore Vessel (NOPV), deslocando 2,3 mil toneladas, para a Marinha da Índia, e outros dois desta classe para a Marinha do vizinho Sri Lanka. O modelo foi projetado pelo pessoal técnico do estaleiro.

O GSL é reconhecido como um “Research & Development Unit” pelo governo da Índia, realizando pesquisa e desenvolvimento de uma variedade de plataformas, além de integração de sistemas de armas. Duas fragatas de quatro mil toneladas da classe Teg, equipadas com o sistema de mísseis Brahmos, foram recentemente contratadas pela Marinha da India ao estaleiro GSL.

Segundo a assessoria de imprensa do estaleiro, é esperado que o GSL venha a construir 12 navios de contramedidas de minas para a Marinha da Índia.

Conforme estipulado pela MB, o GSL apresenta no seu histórico de construção navios militares alguns com deslocamento superior a 2,5 mil toneladas.

Visando aumentar suas perspectivas de sucesso no Brasil, um mercado totalmente novo para empresa, o estaleiro GSL se encontra nas negociações finais com uma empresa multinacional para auxiliá-lo a formular uma proposta comercial que atenda da melhor maneira aos requerimentos atuais e o nível de suporte futuro demandados pela Marinha do Brasil. A parceria montada entre o estaleiro GSL e esta empresa tem a intenção de reforçar a confiança da Marinha do Brasil no estaleiro indiano.

 

Fonte: GSL

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com