Vazamentos de óleo e derivados cresceram 65,3% em 2012

Demanda do Brasil por gás da Bolívia cresce 59% em janeiro
06/02/2013
OSX inicia novo processo de aumento de capital de US$ 250 milhões decorrente do exercício da Put
06/02/2013

Vazamentos de óleo e derivados cresceram 65,3% em 2012

FONTE: VERDESMARES.COM

Os derramentos de petróleo e derivados pela Petrobras em 2012 aumentaram 65,3% em relação a 2011, para 387 metros cúbicos, segundo informações da companhia.

No ano passado, o volume havia sido de 234 metros cúbicos, bem abaixo dos 668 metros cúbicos de 2010. Mesmo com o crescimento, o volume ficou menor do que o previsto pela Petrobras para o ano: 601 metros cúbicos, e abaixo da média do mercado.

“Os níveis de derramamento continuaram inferiores a 1 metro cúbico por milhão de barris de petróleo produzidos, um referencial de excelência na indústria”, disse a Petrobras.

De acordo com dados internacionais, a média de vazamentos da indústria de petróleo e gás em 2011 foi de 3.125 metros cúbicos.

Segundo a empresa, a adoção de um novo modelo de comunicação, tratamento e registro de vazamentos tornou possível o monitoramento diário dos incidentes.

A Petrobras criou também um Plano de Vazamento Zero, que está sendo implementado nas áreas de negócio e em empresas subsidiárias.

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Os comentários estão encerrados.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com