Vale pode começar a operar nas Filipinas em janeiro, diz fonte

Dongkuk aprova US$ 4,8 bilhões para siderúrgica no Brasil
13/12/2011
Autorizada a retirada de combustível de navio da Vale
13/12/2011

Vale pode começar a operar nas Filipinas em janeiro, diz fonte

Mas, como o país asiático mantém os portos fechados para os Valemaxes, o centro de distribuição permitirá à companhia descarregar o produto em um grande navio de armazenamento no Subic Bay Freeport, disse uma fonte do porto à Reuters. O minério, então, seria transportado à China e a outros compradores asiáticos por meio de navios menores, como panamaxes e capesizes.

“Agora estamos só esperando a chegada dos navios de armazenagem e estamos em contato com a Vale em Cingapura por causa desse projeto”, afirmou a fonte. “Devemos começar a operar no fim de janeiro ou começo de fevereiro”, acrescentou.”O Subic é profundo o suficiente para receber essas embarcações. Tem uma localização muito privilegiada, é perto da China, Coreia do Sul e Japão, que são os maiores consumidores de minério de ferro na Ásia”, disse a fonte. Funcionários da Vale em Cingapura e do porto não quiseram comentar o assunto.

O centro de distribuição em Subic é o primeiro dos pelo menos dois que a Vale planeja para a Ásia. As unidades fazem parte da estratégia da companhia de levar a matéria-prima do aço para mais perto da China, compradora de cerca de 65% do minério de ferro transportado por via marítima.

A mineradora brasileira iniciou em outubro a construção de um centro de distribuição de minério de ferro de US$ 1,3 bilhão em Perak, Estado no norte da Malásia. O centro, no entanto, só estará pronto para receber os Valemaxes a partir de 2014. O centro de distribuição da Vale nas Filipinas deveria ter sido aberto em outubro, conforme acordo assinado no começo do ano. “Houve um atraso porque um navio de armazenagem que ficará parado em Subic teve que ser readaptado”, afirmou a fonte.

A fonte disse ainda que o navio teve que receber novos guindastes e outros equipamentos para facilitar o transporte de cargas, acrescentando que a Vale “pode trazer mais navios de armazenagem a Subic se a operação tiver sucesso”. A Vale ainda precisa da aprovação para acesso dos Valemaxes aos portos chineses, principalmente por causa da forte oposição de siderúrgicas e armadores nacionais, que temem que a companhia brasileira monopolize o negócio.

A aprovação de Pequim pode ser retardada depois de um supernavio, o Vale Beijing, ter rachado na semana passada no Maranhão enquanto se preparava para começar a viagem, mostrando a necessidade de checagens de segurança mais rigorosas .

 

Reuters News

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com