Projeto do Eisa prevê mais infraestrutura e serviços

Rússia poderá atacar a Arábia Saudita caso Ocidente inicie bombardeio à Síria
29/08/2013
Terminal da Libra no Rio de Janeiro passa por transformações
29/08/2013

Projeto do Eisa prevê mais infraestrutura e serviços

FONTE: TRIBUNA HOJE

A diretoria do Estaleiro Eisa está em Alagoas, acompanhada de profissionais da Acciona, empresa espanhola especializada em projetos da construção civil, para analisar a área onde o complexo será instalado, na comunidade do Miaí de Cima, em Coruripe. A proposta é aumentar a infraestrutura disponível para os trabalhadores do Estaleiro no entorno do empreendimento, com a construção de unidades habitacionais, creches, centros de capacitação e postos de saúde.

Para definir as estratégias da visita e relatar o andamento dos projetos, a equipe do Eisa e da Acciona esteve reunida com o secretário de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico, Luiz Otavio Gomes, nesta quarta-feira (28). No encontro, o diretor técnico do Eisa, Max Welber, afirmou que esse crescimento da infraestrutura foi permitido graças à escolha da nova área, onde serão investidos recursos da ordem de R$ 2,2 bilhões, já assegurados pelo Fundo da Marinha Mercante, no início deste mês.

“A área prevista para a instalação do complexo passou de 2,6 para 3, 2 milhões de m². Queremos, além das plantas industriais, executar obras para a construção de centros que atendam as necessidades da população, em especial aos trabalhadores do Eisa. A melhoria de estradas e de todos os serviços de infraestrutura na região também estarão inseridas no projeto”, garante Max Welber.

A Acciona participará do processo de elaboração dos projetos e estudos que serão entregues ao Ibama para a obtenção da licença de implantação do Estaleiro, que deverá ser concedida no primeiro trimestre de 2014. A empresa espanhola conta com especialistas em obras na área portuária, e apoia o Synergy Group desde a elaboração dos projetos que foram entregues para a liberação da licença prévia de instalação.

O secretário Luiz Otavio Gomes comentou sobre o impacto que o projeto terá na vida dos alagoanos. “Com o planejamento alinhado ao do Governo do Estado, o Synergy Group adequou o projeto para que o empreendimento possa ofertar meios que dão uma melhor qualidade de vida para as pessoas diretamente afetadas com a chegada do Estaleiro”, disse o secretário.

A visita dos técnicos se estende até esta quinta-feira (28). O planejamento do Synergy Group é que no início do mês de novembro todos os estudos e projetos para a obtenção da licença de implantação sejam encaminhados para o Ibama.

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Os comentários estão encerrados.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com