Procurador exige fim da produção

Câmara dos EUA amplia sanções ao Irã, Coreia do Norte e Síria
15/12/2011
Chevron recebe autorização da ANP para colocar terceiro tampão em vazamento
16/12/2011

Procurador exige fim da produção

A Chevron é a operadora do campo de Frade, de onde, desde o dia 7 de novembro, vaza petróleo após um acidente em um dos 12 poços da companhia na região. A produção nos demais postos não foi interrompida pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O procurador pediu liminar para cancelar a atividade. Se a empresa não suspender, no caso de emissão da liminar, ele quer a aplicação de multa diária no valor de R$ 500 milhões.

O Ministério Público Federal em Campos move ação civil pública contra a Chevron e a empresa Transocean, responsável pela perfuração. O procurador pede indenização de R$ 20 bilhões por danos ambientais e sociais causados pelo derramamento de óleo. Segundo o procurador, os valores foram estipulados com base em indenizações pagas em acidentes ambientais causados pela indústria do petróleo desde a década de 80 no Equador, Alasca e Golfo do México. JORNAL TRIBUNA DO NORTE

 

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com