Problema em navio pode afetar resultado da Vale

Taxa sobre emissões de cargueiros poderia financiar Fundo Verde
08/12/2011
A devastação da Amazônia é uma indecência comemorada
08/12/2011

Problema em navio pode afetar resultado da Vale

O navio Vale Beijing, chegou ao litoral maranhense na última sexta-feira e deveria ter zarpado no domingo passado, mas rachaduras em dois tanques do lastro afetaram a estabilidade da embarcação.

A Vale informou que não pretende abandonar seus planos de operar com super cargueiros de 400 mil toneladas após o incidente com o navio Vale Beijing, que apresentou rachaduras no casco durante carregamento no Maranhão.

“Construímos os navios para sermos mais eficientes, mais competitivos, e para operar de maneira mais sustentável”, afirmou Martins. “Não vamos parar com os navios de 400 mil toneladas”, acrescentou.

O navio Vale Beijing, em sua primeira viagem após ser entregue pelo estaleiro sul-coreano STX Pan Ocean, apresentou rachaduras nos dois lados do casco. A mineradora informou que ainda busca entender o que ocorreu no Maranhão.

Martins disse ser cedo para avaliar se poderá haver uma revisão nos contratos com os construtores da frota de super cargueiros, mas que no momento não há intenção de realizar qualquer mudança. “Temos um acordo com os estaleiros e eles têm prazos para entregar os navios. Se as embarcações passarem nas inspeções, irão navegar. Não vamos mudar, vamos manter o plano”, disse.

MONITOR MERCANTIL

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com