PRIMEIRA USINA NUCLEAR FLUTUANTE DO MUNDO ESTARÁ PRONTA NO FINAL DESTE ANO

Brasil cresce e sai da recessão, mas investimentos ainda sofrem e dificultam recuperação consistente
01/06/2017
Situação política do Brasil não deve afetar metas da Petrobras, diz Parente
01/06/2017

PRIMEIRA USINA NUCLEAR FLUTUANTE DO MUNDO ESTARÁ PRONTA NO FINAL DESTE ANO

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 01 de julho de 2017

A Rússia está em estágios avançados da construção da primeira usina de energia nuclear flutuante do mundo (FNPP), que será instalada em áreas remotas da Rússia, mais próxima a região do Ártico.

A tecnologia também pode ser usada em áreas do sul da Ásia como a Índia.  As unidades flutuantes são componentes construídos para o transporte marítimo ou rio para áreas que de outra forma são inacessíveis ou difíceis de se alcançar por terra. A planta é construída como uma embarcação para ser rebocada por mar ou rio para o local da operação. Sua mobilidade possibilitará o deslocamento de um site para outro, se for necessário.  A primeira unidade flutuante deve operar na região extrema do nordeste de Chukotka, na Rússia, onde há abundância de exploração de petróleo e gás, mineração de ouro e outras empresas de recursos minerais.

A construção do navio está em seu estágio final. A planta já foi movida, o arranjo está em andamento. Está passando por testes de amarração desde julho passado para testar a eficiência de desempenho.  A usina será concluída em outubro. Após os testes, o FNPP, chamado Academician Lomonosov, será transportado pela rota russa do Mar do Norte até o local da operação, onde será integrado na rede costeira que será construída no porto da cidade de Pevek. A construção de instalações em terra está em andamento no futuro site da operação da FNPP. Em 2019, espera-se que a instalação da unidade de energia em sua localização adequada comece e, em seguida, o FNPP será submetido a testes finais e será posto em operação. A unidade tem uma capacidade de geração elétrica de 70 MW e está equipado com dois reatores de capacidade térmica de 150 MW cada.  Uma  embarcação como essa pode fornecer fornecimento elétrico a uma cidade de 200 mil habitantes e fornecer calor a mais de uma cidade e terá uma vida operacional de 35 a 40 anos.

 

 

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com