Posidonia nega vínculo com servidores e ex-servidores da Antaq

IGP-M desacelera alta a 0,57% em abril, diz FGV
27/04/2018
PPSA CONCLUI A ENTREGA DOS PRIMEIROS 500 MIL BARRIS DE ÓLEO DA UNIÃO PARA A PETROBRÁS
27/04/2018

Posidonia nega vínculo com servidores e ex-servidores da Antaq

FONTE PORTOS E NAVIOS – Matéria publicada em 27 de abril de 2018

A Posidonia Shipping negou qualquer vínculo da companhia com servidores ou ex-servidores da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Em nota, a empresa de navegação carioca repudiou o uso do nome da empresa no posicionamento da Associação Nacional dos Servidores Efetivos das Agências Reguladoras Federais (ANER) e considerou que este teve “fins duvidosos”. 
Em carta encaminhada aos senadores nesta semana, a associação se manifestou contra a volta do ex-diretor geral à Antaq e apontou que Tokarski estaria tentando beneficiar as empresas Posidonia e Zemax Log, que denunciaram um suposto esquema dentro da agência que, na prática, protegeria empresas de cabotagem concorrentes delas. A ANER apontou que o ex-diretor nomeou como sua assessora direta Auxiliadora Borges do Rego que, até março deste ano, assumiu na Antaq o cargo de gerente de autorização de navegação. De acordo com a carta, Auxiliadora está em quarentena e apresenta-se na Antaq como consultora das empresas de afretamento Zemax Log e Posidonia.

Entre os que defendem a volta de Tokarski, o entendimento é que existe uma relação de proximidade e amizade entre o presidente da ANER, Tiago Botelho, e o atual diretor geral Mário Povia. “Foi um arranjo para constranger a entrada do Adalberto Tokarski na sabatina. Estão instrumentalizando as instituições e aparelhando a Antaq”, comentou uma fonte que prefere não ser identificada. Dentro da agência, porém, também há aqueles que acreditam que será possível encontrar um equilíbrio e apaziguar a relação entre os que são contrários e a favor da volta do ex-diretor geral.

Tramitação – A indicação de Tokarski à Antaq, que segundo fontes do setor contou com apoio do senador Eduardo Braga (MDB-AM), avançou no Senado. O processo foi encaminhado à comissão de infraestrutura do Senado. Por falta de quórum, o relatório com indicação de Tokarski para diretoria da Antaq ainda não foi votado na CI. A sabatina no Plenário do Senado será agendada após aprovação do relatório de indicação na comissão, cuja próxima reunião acontecerá no dia 8 de maio. O relator do processo na comissão é o senador Acir Gurgacz (PDT-RO).

Por Danilo Oliveira
(Da Redação)

 

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com