Porto de Kimitsu recebe pela primeira vez o maior mineraleiro do mundo

China cria metas para 11 setores da indústria
22/01/2013
Ganho no embarque de grãos é limitado pela profundidade do berço
22/01/2013

Porto de Kimitsu recebe pela primeira vez o maior mineraleiro do mundo

FONTE: PORTAL FATOR BRASIL

O porto de Kimitsu, no Japão, recebeu pela primeira vez, no dia 19 de janeiro(sábado), um navio do tipo Valemax. O Vale Brasil, que tem capacidade para transportar até 400 mil toneladas de minério de ferro e permite a redução em 35% na emissão de carbono por tonelada de minério transportada, atracou no porto de Kimitsu, da Nippon Steel & Sumitomo Metal (NSSMC) próximo a Tóquio. A primeira parada do Vale Brasil foi no porto de Oita, também da NSSMC, onde descarregou cerca de 200 mil toneladas de minério de ferro. O restante da carga foi entregue no porto de Kimitsu.

A NSSMC já tinha recebido pela primeira vez um navio do tipo Valemax em Oita em junho de 2012. Até agora, os Valemax atracam nos portos de Villanueva (Filipinas), Tubarão e Ponta da Madeira (Brasil), Taranto (Itália), Roterdã (Holanda), Sohar (Omã) e Oita (Japão), além da Estação de Transferência de Minério em Subic Bay, nas Filipinas. Ao final de 2013, serão 35 navios com capacidade de 400 mil toneladas disponíveis para realizar o transporte de minério de ferro – 19 próprios e 16 afretados pela Vale em contratos de longo prazo.

As características do navio-Este tipo de navio reduz as emissões de carbono em 35% por tonelada de minério transportada em relação a um navio de cerca de 200 mil toneladas. A redução refere-se à utilização de equipamentos mais modernos que utilizam menos diesel. Os mineraleiros têm alto padrão de segurança e vão contribuir para a redução do custo de transporte transoceânico de minério de ferro para empresas siderúrgicas.

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Os comentários estão encerrados.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com