Para ministro, fim do fator ficará para 2015

Governo perde muleta e demonstra fragilidade em suas ações com a Petrobras
31/01/2013
Editorial: Alívio passageiro
31/01/2013

Para ministro, fim do fator ficará para 2015

FONTE: UOL

Fernanda Brigatti
do Agora

O ministro Garibaldi Alves, da Previdência Social, disse ontem que as discussões sobre o fim do fator previdenciário, o índice que reduz as aposentadorias por tempo de contribuição, esfriaram e o assunto não deverá voltar à pauta do Congresso Nacional antes de 2015.

Em entrevista à Agência Brasil, ele afirmou que o fim do fator não está descartado, nem a criação de um outro tipo de cálculo para as aposentadorias.

Mas considera que hoje existam outros temas importantes na pauta de deputados e senadores, como a divisão de lucros do petróleo no pré-sal, os repasses a Estados e municípios, além das cassações de parlamentares condenados pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

Ele descartou o fim “puro e simples” do fator, pois diz que a Previdência não tem dinheiro para bancar.

Garibaldi defendeu a negociação do 85/95, em que a idade do segurado e o tempo de contribuição são somados.

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Os comentários estão encerrados.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com