OSX cancela contrato com espanhola Acciona e substitui presidente

Transpetro e EAS lançam o navio Dragão do Mar
24/08/2013
Malvinas: Argentina bane 4 empresas britânicas
24/08/2013

OSX cancela contrato com espanhola Acciona e substitui presidente

FONTE: FOLHA DE SÃO PAULO

DENISE LUNA
DO RIO

A OSX, empresa de afretamento e construção de navios e plataformas do grupo EBX, de Eike Batista, informou hoje que chegou a um acordo para terminar seu contrato com a espanhola Acciona, responsável pela construção do seu estaleiro no Porto do Açu, em São João da Barra (RJ).

A OSX CN (Construção Naval) e a Acciona formalizaram acordo regulando a liquidação das obrigações de parte a parte, com relação aos contratos de construção que terminaram antecipadamente em maio deste ano.

A OSX deu um calote de R$ 500 milhões na Acciona, conforme revelou reportagem da Folha em junho. Na época, a espanhola cogitava pedir a falência da empresa de Eike. Já a própria OSX alegou que não podia se manifestar na ocasião.

“Esta primeira fase da UCN Açu já capacita a OSX CN a atuar como um dos principais canteiros offshore do Brasil”, informou a companhia em nota ao mercado.

Com problemas operacionais, a OGX reduziu suas encomendas à OSX, que com isso reviu seu plano de investimentos e reduziu o tamanho do seu estaleiro.

A empresa também divulgou que substituiu o presidente, Carlos Bellot, por Marcelo Luiz Maia Gomes. Ele atuou como diretor geral da Alvarez & Marsal Brasil, onde liderou a assessoria prestada à OSX em negociações com fornecedores e investidores em razão do faseamento da obra de construção da UCN Açu (Unidade de Construção Naval do Açu).

Com experiência de mais de 25 anos em reestruturações empresariais, o novo presidente da OSX é especializado em diagnósticos de negócios, gestão e desenvolvimento de estratégia financeira. É formado em Administração de Empresas e Engenharia Mecânica pela Universidade Federal
Fluminense no Rio de Janeiro, com especialização em Finanças.

“Essa substituição reflete a alteração de ênfase na gestão da companhia”, disse a empresa.

Segundo o comunicado, a OSX, nessa nova fase, vai priorizar a disciplina financeira, a otimização de ativos, diálogos com parceiros de negócios e análise de oportunidades de combinações empresariais.

A OSX disse ainda, que a plataforma flutuante de armazenagem OSX-3 já está em águas territoriais brasileiras, com previsão de chegada amanhã ao Rio de Janeiro. Esta é a segunda plataforma que será usada pela OGX, do mesmo grupo, que vai instalar a unidade no campo de Tubarão Martelo, na bacia de Campos, visando iniciar a produção até o final do ano.

Tubarão Martelo é a nova aposta da OGX para melhorar sua produção, que já alertou ao mercado que vai parar a produção de seu único campo marítimo, Tubarão Azul, ao longo de 2014.

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Os comentários estão encerrados.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com