Iraque acusa a Shell pela perda de US$ 4,6 bilhões?

Dúvidas sobre gás do pré-sal limitam expansão de gasodutos
26/08/2013
Presidente do BNDES é chamado para esclarecer empréstimos a empresas de Eike
26/08/2013

Iraque acusa a Shell pela perda de US$ 4,6 bilhões?

FONTE: REVISTA ISTO É

O ministério iraquiano do Petróleo acusou a anglo-holandesa Shell de ter impedido o país de arrecadar 4,6 bilhões de dólares devido a atrasos na produção, em uma carta à qual a AFP teve acesso.

Esta carta, datada de 21 de julho, critica enegicamente a companhia petroleira por seus atrasos na exploração do campo petrolero de Majnoon, num momento em que as exportações de petróleo iraquiano alcançam seus menores níveis em 16 meses.

A carta revela uma crescente frustração dentro do governo em relação a estas exportações, que supõem uma importante parte das rendas do Estado iraquiano.

A carta, dirigida ao vice-presidente da Shell no Iraque, Hans Nijkamp, tem o timbre do serviço encarregado dos contratos do ministério do Petróleo.

Um consórcio da Shell e da empresa malaia Petronas assinou um contrato com Bagdá em 2010 para explorar o campo de Majnoon.

Por AFP

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Os comentários estão encerrados.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com