Irã nega que pretenda fechar tráfego marítimo pelo Estreito de Ormuz

Petrobras e Tereos pretendem produzir etanol em Moçambique
14/12/2011
Início de produção da OGX dependerá do clima, diz Eike Batista
14/12/2011

Irã nega que pretenda fechar tráfego marítimo pelo Estreito de Ormuz

Esse cenário, cogitado na terça-feira por um deputado iraniano, contribuiu para elevar o preço do petróleo, diante da perspectiva de um corte de fornecimento.

Cerca de um terço do petróleo consumido no mundo passa em navios pelo Estreito de Ormuz, um dos pontos estratégicos de maior importância no planeta.

Ghasemi falou à imprensa pouco antes do início da conferência ministerial da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

A expectativa é que no encontro os 12 países-membros alcancem acordo sobre oferta conjunta e acabem com as desavenças da reunião de junho.

Na ocasião, o grupo ficou dividido entre os que queriam elevar o bombeamento, como a Arábia Saudita e outros países do Golfo Pérsico, e os que não desejavam essa medida, como Irã, Venezuela e Equador.

Ghasemi demonstrou confiança no fechamento de um acordo e afirmou que a intenção de seu país é garantir a estabilidade e proteger a situação atual, na qual os preços do petróleo, acima de US$ 100 por barril, estão com um bom valor.

 

 

 

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com