Engenheiro da Coreia do Sul chega ao navio da Vale no MA * Uma equipe com outros oito técnicos também já está a caminho do Brasil

Eike pode buscar parceiros para fabricar tablet no País
08/12/2011
Metodologia mostra pontos positivos e críticos do negócio
08/12/2011

Engenheiro da Coreia do Sul chega ao navio da Vale no MA * Uma equipe com outros oito técnicos também já está a caminho do Brasil

Com duas rachaduras no casco, um dos maiores cargueiros do mundo, foi rebocado do porto onde estava atracado – uma área exclusiva para carregamento de minérios da Vale – para um ponto a 7 km da costa.

O gigante foi arrastado lentamente por seis rebocadores. Segundo a Vale, ele está carregado com 260 mil toneladas de minério de ferro. Mesmo de longe, era possível ter a dimensão do quanto o navio já havia sido invadido pela água. É perceptível que a parte de trás da embarcação está bem mais baixa que a parte da frente.

Segundo a Capitania dos Portos, a embarcação teve de ser rebocada às pressas porque a traseira estava afundando numa área considerada rasa (23 metros de profundidade). Faltava apenas um metro para encostar no fundo do mar e, se isso acontecesse, o navio poderia partir-se ao meio, espalhando o minério que está bordo.

Onde está ancorado agora a profundidade é bem maior, cerca de 30 metros, e a visibilidade é melhor para o trabalho dos técnicos que vão tentar consertar o navio. A Marinha iniciou uma investigação para apurar porque uma embarcação tão nova, fabricada neste ano e entregue em setembro à Vale foi danificada antes mesmo de sua viagem inaugural.

“Existem várias hipóteses. Erro no planejamento da carga, fadiga do material, erro na construção do navio. Tudo isso tem que ser considerado. O inquérito é que vai apurar isso de uma forma mais correta”, analisou o Capitão dos Portos, Nélson Calmon Bahia.

Construído pela sul coreana STX Pan Ocean, o Vale Beijing, é o primeiro de oito supercargueiros que serão entregues até 2013 para o transporte de minério de ferro da Vale.

Avaliado em US$ 110 milhões, o navio tem capacidade para transportar 400 mil toneladas, com 391 metros de comprimento, o equivalente a cinco jumbos e meio. É 60 metros mais longo do que o maior navio de guerra do mundo.

Esse aumento no número de navios é uma estratégia da Vale para ganhar mais espaço no mercado externo. O transporte de minério de ferro fica mais barato e aumenta a competitividade da empresa, no que os economistas chamam de economia em escala.

 

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com