Encomendas continuam sendo construídas no Brasil – Domingo, 27/11/2011, 06h16

Até a Tramontina pode parar no pré-sal – Sem fornecedores nacionais com capacidade para atender à demanda por equipamentos, Petrobrás tenta atrair empresas de outras áreas – 27 de novembro de 2011 | 3h 08
28/11/2011
Multa por vazamento de óleo no Brasil é quase 3 vezes menor do que em acidente nos EUA; compare os casos Petroleira pagou o equivalente a R$ 140 mi aos EUA, o triplo do valor da multa do país
28/11/2011

Encomendas continuam sendo construídas no Brasil – Domingo, 27/11/2011, 06h16

“Não vou permitir, como presidente da República, que a demanda por navios, sondas e plataformas que vai ocorrer nos próximos anos seja aproveitada por outros países. Não vamos exportar empregos”, afirmou.

Dilma alfinetou o governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), ao lembrar da decadência da indústria naval. Classificou aquele período, para o setor, como um “momento terrível”, ao mencionar estaleiros que foram fechados. “Hoje, no Brasil, temos emprego. Na Europa, há desemprego”, observou.

A cerimônia marcou a entrega do navio para transporte de derivados de petróleo batizado de Celso Furtado. A embarcação foi construída no estaleiro Mauá, situado em Niterói, região metropolitana do Rio.

Trata-se do primeiro navio entregue, construído sob encomenda da Petrobras em um estaleiro nacional, desde 1997.

O navio é o primeiro das 49 encomendas previstas pelo Promef a ser entregue. O programa, capitaneado pela Transpetro, foi lançado em 2005. Outras 12 embarcações ainda estão sendo construídas. (Folhapress)

 

 

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com