Empresas americanas veem Brasil como lugar bom para fazer negócio

Petrobras anuncia venda de US$ 2,1 bilhões em ativos
19/08/2013
Falta de interesse no pré-sal ou no Brasil só existe na mídia
19/08/2013

Empresas americanas veem Brasil como lugar bom para fazer negócio

FONTE: GOIASNET.COM

Empresas americanas veem Brasil como lugar bom para fazer negócio
O Globo
A transferência de tecnologia para a exploração do gás de xisto, uma parceria na produção de biodiesel que poderá ser anunciada em outubro, durante a visita da presidente Dilma Rousseff a Washington, e o primeiro leilão do pré-sal foram temas discutidos na última sexta-feira entre o secretário de Energia dos Estados Unidos, o físico nuclear Ernest Moniz, e o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. O recado dado por Moniz é que as empresas americanas veem o Brasil como um bom mercado para receber investimentos.
— As empresas americanas veem o Brasil como um lugar importante para fazer negócio — disse.
Moniz enfatizou que a produção de gás de xisto pode ser uma revolução, pois reduz a emissão de óxidos de carbono e levou a uma revitalização das instalações. No Brasil, há um potencial de reserva de gás, lembrou.
— Nosso governo deixou claro que o desenvolvimento de reservas não convencionais em todo o mundo ajudará bastante — disse o secretário, após almoçar com 30 empresários na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI).
Segundo ele, o governo dos EUA mantêm o interesse em continuar sua parceria com o Brasil no comércio de etanol. Moniz esclareceu que as barreiras que surgem ao etanol brasileiro não são tomadas pelo Executivo americano.
— Os EUA e o Brasil representam cerca de 70% da produção global de etanol. São dois gigantes — enfatizou.

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Os comentários estão encerrados.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com