CRIADA A AGÊNCIA NAVAL DE SEGURANÇA NUCLEAR E QUALIDADE

SITUAÇÃO ECONÔMICA E ANGOLA E MOÇAMBIQUE DEIXA MERCADO DE PETRÓLEO DA ÁFRICA EM ALERTA AMARELO
14/02/2018
AUMENTAM AS RESISTÊNCIAS CONTRA A EXPLORAÇÃO DE PETRÓLEO NA COSTA DO ALGARVE, EM PORTUGAL
14/02/2018

CRIADA A AGÊNCIA NAVAL DE SEGURANÇA NUCLEAR E QUALIDADE

FONTE PETRONOTÍCIAS – Matéria publicada em 14 de fevereiro de 2018

A Agência Naval de Segurança Nuclear e Qualidade já está ativa. Ela vai trabalhar em conjunto com o Ministério da Ciência e Tecnologia, o Gabinete de Segurança e Informações da Presidência da República, a Comissão Nacional de Energia Nuclear, a CNEN, o Inmetro e toda comunidade científica do setor, como a ABDAN, AMAZUL e a ABEN.

O Contra-Almirante Humberto Moraes Ruivo será o Diretor desta Agência. Ele foi empossado numa cerimônia comandada pelo Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha do Brasil, Almirante de Esquadra Bento Costa Lima Leite de Albuquerque. A agência Naval de Segurança terá um corpo técnico qualificado formado por oficiais e praças, além de profissionais técnicos civis.

A agência foi criada por meio de uma portaria, que alterou a denominação do escritório de desenvolvimento tecnológico e industrial da Marinha. Será uma organização militar sem autonomia administrativa, devendo ser apoiada pela Diretoria Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha do Brasil ( DGDNTM) e pelo Centro Tecnológico da Marinha do Rio de Janeiro ( CTMRJ), com sede no Rio de Janeiro e com o propósito de atuar como órgão regulador e fiscalizador das atividades de segurança e licenciamento nucleares, na Marinha, de meios navais e instalações terrestres, bem como supervisionar as atividades da área de qualidade da Marinha do Brasil.

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com