China critica sanções contra o Irã

PF investiga Chevron, após denúncia de uso de areia para conter vazamento Petroleira diz usar métodos aprovados pelo governo para conter vazamento
03/11/2011

China critica sanções contra o Irã

 

“A China sempre foi contra as sanções unilaterais ao Irã”, afirmou o porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores, Liu Weimin, no primeiro comentário de Pequim após o anúncio das medidas de punição a Teerã por Estados Unidos, Grã-Bretanha e Canadá.

As sanções foram anunciadas após um relatório recente da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) que reforça a suspeita de uma “possível dimensão militar” do programa nuclear iraniano.

O Irã rejeitou o novo informe da AIEA afirmando que seu programa nuclear tem apenas objetivos pacíficos.

Um decreto da Casa Branca endurece as represálias contra as pessoas ou empresas que fornecem ajuda material ou de desenvolvimento dos recursos petrolíferos e do setor petroquímico do Irã.

O Reino Unido anunciou a ruptura de todos os contatos com os bancos iranianos, enquanto o Canadá anunciou o bloqueio “virtual” de todas as transações com o país.

AFP


Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com