BTG e Concórdia já venderam 60 milhões de ações da OGX cada um

Petrobras pode antecipar inflação para empregados enquanto discute dissídio
31/08/2013
Crise azeda parceria entre Eike e André Esteves, do BTG Pactual
31/08/2013

BTG e Concórdia já venderam 60 milhões de ações da OGX cada um

FONTE: INFOMONEY

É possível que seja o próprio Eike a vender as ações através da Concórdia – mas é impossível ter certeza até a companhia admitir ou sair o comunicado de posição consolidade da empresa

Por Felipe Moreno  

SÃO PAULO – A OGX Petróleo (OGXP3) enfrenta mais um dia de volatilidade na BM&FBovespa: a ação chegou a subir 8,00%, bater os R$ 0,54, e opera em queda de 4,00% por volta das 14h15 (horário de Brasília), aos R$ 0,48. Por trás disso, a venda de participação de grandes fatias da empresa, pelo o próprio controlador Eike Batista.

O BTG Pactual, utilizada por Eike em sua última venda, se desfez de 59.044.200 milhões da petrolífera desde o dia 27 – equivalente a 4,46% do total da companhia. Nesse período, a Concórdia também é grande vendedora: já se desfez de 62.578.400 milhões de ações a mais do que comprou, cerca de 4,73% da companhia.

É possível que seja o próprio Eike a vender as ações através da Concórdia – mas é impossível ter certeza até a companhia admitir ou sair o comunicado de posição consolidade da empresa. “É possível ser um fundo desfazendo posição, mas se for apenas um, já chegou ao seu limite de vendas ou está próximo a chegar”, afirma um operador que não quis se identificar, lembrando que fundo algum tem mais de 5% das ações da petrolífera. Atualmente, o único acionista com uma posição tão grande assim é o próprio Eike Batista.

A petroleira também repercute uma série de outras notícias: de um lado, há rumores de que o BTG Pactual e Eike estariam prestes a encerrar a sua parceria. Por outro lado, a BM&FBovespa não pretende retirar a OGX do índice IBovespa, caso a empresa se envolva em um processo de reestruturação de dívida, disse o presidente da BM&FBovespa, Edemir Pinto, a jornalistas.

Pela 3ª prévia do Ibovespa, que entrará em vigor na próxima segunda-feira, a OGX terá peso de 4,263%, quase o triplo da participação da carteira atual. No entanto, no mesmo dia em que ganhará mais peso no benchmark brasileiro, a ação da empresa será excluída do MSCI Global Standard, índice que é fortemente seguido pelos investidores.

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Os comentários estão encerrados.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com