ANP garante que manda fiscais às plataformas marítimas de petróleo

Petrobras: chega ao Brasil 1º navio da cessão onerosa
01/12/2011
Marta Suplicy pede aprovação de proposta que combate guerra dos portos
01/12/2011

ANP garante que manda fiscais às plataformas marítimas de petróleo

Segundo o MPF, tanto a ANP quanto o Ibama baseiam as fiscalizações em dados fornecidos pelas próprias empresas petroleiras.

De acordo com a ANP, as auditorias verificam a implementação de “práticas obrigatórias de segurança nas instalações de perfuração, produção, armazenamento e transferência” de petróleo. Entre as práticas avaliadas pelas vistorias da ANP estão o gerenciamento da instalação, o treinamento de pessoal, a integridade de equipamentos, a identificação de perigos e análise de risco e práticas de trabalho seguro, entre outras. Quando são encontradas irregularidades, a ANP determina um  prazo para que o problema seja solucionado.

Ainda de acordo com a ANP, antes mesmo do início das operações de exploração e produção, as empresas devem encaminhar à agência documentos que comprovem a adequação do processo às normas do Regulamento Técnico de Segurança Operacional para Instalações Marítimas de Exploração e Produção, da ANP. A documentação é avaliada pela Coordenadoria de Segurança Operacional e submetida à aprovação da diretoria da agência.

A ANP diz que as normas de segurança foram elaboradas com base em exemplos de países como Estados Unidos, Canadá, Noruega, Reino Unido e Austrália, além da experiência adquirida em grandes acidentes ocorridos no Brasil, como o naufrágio da plataforma P-36, em 2001, na Bacia de Campos.

 

Fonte: Agência Brasil/Vitor Abdala

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com