Petróleo fecha em alta nesta terça

HUISMAN É MAIS UMA EMPRESA OFFSHORE A DESISTIR DO BRASIL POR FALTA DE ENCOMENDAS OFFSHORE
10/10/2017
Governo estuda licitação de excedentes de cessão onerosa após acerto com Petrobras
10/10/2017

Petróleo fecha em alta nesta terça

FONTE JORNAL DO BRASIL- MATERIA PUBLICADA EM 10 DE OUTUBRO DE 2017

 

Os Futuros do Petróleo fecharam em alta na sessão desta terça-feira (10), após a Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) ter pedido aos Estados Unidos para se unir ao acordo para reduzir a oferta do produto no mercado internacional.

Na Bolsa Mercantil de Nova York, o barril de WTI fechou a US$ 50,86, subindo 2,58%. O Petróleo Brent registrou ganhos de 1,33% para negociação a US$ 56,53 por barril.

O grupo, do qual fazem parte Arábia Saudita, Catar, Irã e outros 11 países, quer que os EUA se incorpore ao congelamento das extrações. O acordo está em vigor desde janeiro de 2017 e se estenderá até pelo menos 31 de março de 2018. A Opep analisa a possibilidade de ampliá-lo.

Nas últimas semanas, a commodity registrou forte valorização, na expectativa de um reequilíbrio do mercado com a possibilidade de extensão do acordo para congelar cerca de 1,8 milhão de barris diários até junho. A próxima reunião da Opep está marcada para o dia 29 de novembro, em Viena.

Na véspera, o secretário-geral da Opep, Mohammed Barkindo, apontou que há sinais claros de que o mercado deve chegar a um equilíbrio e reforçou o compromisso do grupo em reduzir os estoques globais.

Barkindo informou que consultas estão em andamento para uma possível extensão no acordo de corte firmado pelo grupo e outros países como a Rússia, que termina em março. De acordo com ele, existe a possibilidade ainda de mais países aderirem ao acordo iniciado em janeiro.

Outro fator que impulsiona a commodity é o anúncio da Arábia Saudita de corte nas exportações em novembro.

Às 10h17, o barril de Brent para dezembro negociado na ICE, em Londres, tinha alta de 1,38%, a US$ 56,56. Já o barril de WTI para entrega em novembro, negociado no Nymex, em Nova York, avançava 1,90%, a US$ 50,52.

Às 15h15, o barril de WTI tinha alta de 2,42%, a US$ 50,78. No mesmo horário, o barril de Brent tinha alta de 1,42%, a US$ 56,58.

O mercado também aguarda os dados sobre estoques de petróleo bruto dos EUA, para medir os efeitos da tempestade tropical Nate na infraestrutura petrolífera da costa do Golfo do país. Analistas estão ainda na expectativa por dados da Opep e da AIE, para medir a demanda pela commodity.

Os relatórios da API e do Departamento de Energia norte-americano serão divulgados na quarta e na quinta, respectivamente, um dia após o usual, devido ao feriado de Columbus Day (ou Dia de Colombo, em celebração ao Descobrimento da América) desta segunda-feira. Já os relatórios mensais da Opep e da AIE serão divulgados na quarta e na quinta-feira, respectivamente.

Compartilhe Isso:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com